Trabalhar como freelancer em Portugal - 10 Dicas para ter Sucesso

Blog / Empreendedorismo / Trabalhar como freelancer em Portugal - 10 Dicas para ter Sucesso
Trabalhar como freelancer em Portugal - 10 Dicas para ter Sucesso

Trabalhar como freelancer em Portugal pode ser uma aventura! A versatilidade de funções, a flexibilidade de horário e local de trabalho é bastante aliciante. No entanto, o rendimento mensal incerto, as dificuldades de concentração e de gestão de tempo e projetos podem ser fatores desmotivadores. Conheça em detalhe e as principais vantagens e desvantagens de ter um negócio próprio.

Então, como ser bem sucedido como freelancer? Deixamos algumas dicas para ser um profissional freelancer de sucesso!

Dicas para ser um Freelancer de Sucesso

Em Portugal é possível ser um freelancer de sucesso! Por vezes, apenas é necessário ter um comportamento intencional para melhorar. Por exemplo, adotar uma estratégia de marketing digital para freelancers.

Para ajudar, listamos algumas dicas que podem ajudar a alcançar o sucesso profissional como freelancer:

1. Esteja contactável
Procure estar disponível online e responda rapidamente aos seus potenciais clientes. Uma boa proposta pode chegar a qualquer momento e estar conectado pode fazer a diferença na hora de receber propostas.

2. Seja Ativo
Seja proativo na procura de oportunidades. Candidate-se a diferentes trabalhos nos diversos sites de freelancers ou através da sua rede de contactos.

3. Organize um espaço de trabalho
Defina um espaço de trabalho em casa ou num espaço de coworking, eliminando ao máximo possíveis distrações. Evite misturar vida pessoal com profissional, estipulando momentos de trabalho e momentos de lazer.

4. Faça uma boa gestão do tempo
Organize o seu horário e fluxo de trabalho de forma a cumprir os compromissos que estabeleceu com os clientes. Mesmo sem horário fixo, às vezes, tem de trabalhar tempo extra para terminar um determinado trabalho.

5. Registe-se em plataformas de Freelancers
Divulgue os seus serviços a potenciais clientes, criando um perfil em plataformas dedicadas a trabalho freelancer. Descreva os serviços que presta de forma clara e objetiva, evidenciando o seu Know-how e profissionalismo.

6. Promova o seu trabalho
Torne os seus projetos visíveis, por exemplo, anuncie os serviços que presta no linkedin, num site próprio ou em sites para freelancers. Mostre o que o diferencia da concorrência e mantenha os perfis nas redes sociais sempre atualizados.

7. Invista na especialização
Como freelancer deve estar sempre à procura de atualizar as suas competências. Leia artigos relacionados com a sua atividade profissional, faça workshops e formações relacionadas com a sua área e esteja a par das últimas tendências do mercado. Desta forma, poderá diferenciar-se e conseguir bons trabalhos.

8. Dedique-se ao Networking
Relacione-se com outros profissionais que trabalham em regime freelancer, por exemplo, marcando presença em eventos da sua área (workshops, formações, eventos de novos produtos, etc).

9. Crie uma boa relação com os clientes
Estabeleça um relacionamento de confiança com os seus clientes, indo de encontro aos seus pedidos e respeitando prazos. Lembre-se que os clientes também são uma das formas de publicitar o seu trabalho!

10. Crie um Fundo de Emergência
O rendimento de um freelancer é incerto, por isso crie o hábito de colocar algum dinheiro de lado todos os meses. Isto permitirá fazer face a despesas extra ou a colmatar um ordenado mais baixo num determinado momento.

Dica Extra
Cumpra com todas as obrigações fiscais exigidas e proceda ao pagamento de todos os impostos obrigatórios. Deixamos um pequeno guia para que se possa orientar.

Freelancer em Portugal - Impostos a Pagar

Trabalhar como freelancer em Portugal implica cumprir com obrigações fiscais estabelecidas pela Autoridade tributária (AT):

IRS - Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares
Anualmente é obrigatório entregar a declaração de IRS referente ao ano fiscal anterior. Após o terceiro ano desde a data de início de atividade, tem de realizar três pagamentos por conta ao longo do ano. O valor de cada pagamento é comunicado pela Administração Fiscal, através de carta registada.

IRS - Retenção na Fonte
Este pagamento adiantado de IRS apenas é obrigatório para quem recebe mais de 10 mil euros anuais (mas pode optar pela retenção na fonte caso pretenda). O valor a reter poderá ascender aos 25% do pagamento recebido pelo freelancer (a percentagem varia de acordo com o código de atividade).

IVA - Imposto de Valor Acrescentado
O freelancer está sujeito ao pagamento de IVA se se enquadrar num destes requisitos:

  • quando tem contabilidade organizada;
  • quando realiza operações de importação, exportação ou atividades conexas;
  • quando efetua transmissões de bens ou prestações de serviços previstas no anexo E do CIVA;
  • quando atinge no ano anterior volume de negócio superiores a 10 000 euros.

Freelancer em Portugal - Obrigações Fiscais

Declaração de Início de Atividade
Trabalhar como freelancer implica entregar uma declaração de início de atividade numa loja física ou através do Portal das Finanças. Nesse momento terá de optar pelo regime simplificado de tributação ou pela contabilidade organizada.

Declaração Trimestral
Por cada trimestre o freelnacer tem de entregar uma declaração. É com base nesta declaração trimestral de rendimentos que se averigua o valor a pagar no trimestre seguinte. O prazo de entrega desta declaração é o último dia dos meses de janeiro, abril, julho e outubro. Saiba como preencher e entregar a declaração trimestral de rendimentos no site da Segurança Social Direta.

Declaração Anual de Atividade
Juntamente com a declaração de IRS, o freelnacer tem de entregar o anexo da Segurança Social com os valores da atividade desenvolvida no ano anterior.

Pagamento de Contribuições da Segurança Social
O freelancer deve pagar os valores respeitantes à segurança social entre os dia 10 e o dia 20 de cada mês. É possível consultar o que deve pagar no site da Segurança Social.

Dicas de Marketing Digital

Caso necessite de dicas de marketing digital para freelancers pode consultar o nosso blog Aqui ou fazer dowload do nosso Ebook de Marketing Digital para Freelancers Aqui. É gratuito!



Software de Facturação e POS desde 4€/mês sem limites.
30 Dias Gratuitos sem compromisso!